WWF apresenta manifesto pela sustentabilidade antes das Europeias | WWF
WWF apresenta manifesto pela sustentabilidade antes das Europeias

Posted on 20 November 2018

Lisboa, 20 novembro 2019 - A ANP|WWF lança hoje em Portugal o Manifesto Um Pacto Europeu de Sustentabilidade – Para uma EU mais segura, competitiva e responsável onde apela aos candidatos e futuros líderes da UE
Lisboa, 20 novembro 2019 - A ANP|WWF lança hoje em Portugal o Manifesto Um Pacto Europeu de Sustentabilidade – Para uma EU mais segura, competitiva e responsável onde apela aos candidatos e futuros líderes da UE a colocarem o bem-estar das pessoas no centro das suas reflexões e das suas ações. No manifesto, a organização de conservação global - com mais de 3,2 milhões de apoiantes na Europa - pede um Pacto Europeu de Sustentabilidade para uma UE mais segura, competitiva e responsável.
 
Este é um pacto político assente num conjunto de objetivos e ações sobre alterações climáticas, proteção da natureza e desenvolvimento sustentável, a ser levado a cabo nos próximos cinco anos, o que, segundo a organização de conservação, é mandatário para preservar o bem-estar das pessoas na Europa.
 
Temas como a migração, o desemprego e a segurança são o foco provável dos próximos debates eleitorais das eleições para a UE, refletindo algumas das principais preocupações dos cidadãos europeus. No entanto, pesquisas recentes mostraram que os eleitores estão muito preocupados com os impactos das alterações climáticas e da degradação ambiental [1], considerando que estes desafios estão intimamente relacionados com a futura estabilidade e segurança das nossas sociedades. Os eventos climáticos extremos, testemunhados neste verão, junto com a recente publicação do relatório do IPCC sobre os impactos da mudança climática [2], mostram as ameaças e os desafios que enfrentamos.
 
"Os políticos devem encarar uma simples verdade: um futuro próspero para a Europa e seus cidadãos não é possível num planeta esgotado. O aumento do nível do mar, eventos climáticos extremos, conflitos sobre recursos naturais cada vez mais escassos e problemas de saúde ligados à poluição – apenas conseguiremos lidar com tudo isto encontrando soluções integradas", disse Ângela Morgado, Diretora Executiva da ANP|WWF. "As eleições europeias oferecem a oportunidade de formular uma resposta coerente. As nossas propostas de um Pacto Europeu pela Sustentabilidade para uma UE mais segura, mais competitiva e responsável não só descrevem as ameaças colocadas pelas alterações climáticas e pela degradação ambiental, mas também as oportunidades para a segurança da Europa.”
 
No seu apelo à ação, a WWF enfatiza que a contínua estabilidade económica e política, a criação de empregos e a relevância global da UE dependerão em grande parte do investimento nos setores sustentáveis ​​da economia azul e verde, que estarão no centro da economia de amanhã. Os representantes políticos terão também de combater as alterações climáticas e travar a degradação ambiental através de normas e leis comunitárias ambiciosas, promovendo a melhoria da segurança europeia, nacional e global.
 
A nível institucional, a WWF apela à criação de um cargo de Vice-Presidente da Comissão Europeia para a Ação Climática e Recursos Naturais, para supervisionar a transição para uma Europa verdadeiramente sustentável assegurando a coerência das políticas, melhorando os métodos de trabalho do Parlamento Europeu para uma melhor integração ambiental.
 
Estas e outras são as recomendações que estão no cerne dos quatro objetivos que a WWF definiu neste Manifesto para a ação da UE nos próximos anos [3].

Notas para os editores:
 
[1] Eurobarómetro (EP / EB 89.2). Democracia em movimento: Um ano para as eleições europeias - inquérito realizado em todos os 28 Estados-Membros da União Europeia, de 11 a 22 de abril de 2018, p. 39
http://www.europarl.europa.eu/pdf/eurobarometre/2018/oneyearbefore2019/eb89_one_year_before_2019_eurobarometer_en_opt.pdf
[2] http://www.wwf.eu/?uNewsID=336173
[3] Os 4 objetivos são:
1. Melhorar a segurança e o bem-estar europeus e globais, combatendo as alterações climáticas e a degradação ambiental;
2. Aumentar a competitividade e o potencial de emprego das indústrias europeias, impulsionando os investimentos nos sectores azul e verde sustentáveis, que estarão no centro da economia de amanhã;
3. Reforçar a posição internacional da Europa e trabalhar para a sua independência estratégica através da definição e implementação de normas sustentáveis ​​da UE, promovendo estas normas fora da UE e assumindo a responsabilidade pela nossa pegada global
4. Melhorar a governação da UE no Parlamento Europeu e na Comissão, a fim de apoiar a transição sustentável para uma política da UE segura, competitiva e responsável.

Manifesto - descarregue AQUI
 
 
European otter
© R.Isotti/ A.Cambone - Homo Ambiens/ WWF