WWF em Moçambique | WWF
© WWF / Sian Owen

WWF em Moçambique

Fishing boats on Ibo Island, Quirimbas National Park, Mozambique

WWF em Moçambique

 rel= © WWF / Sian Owen

O Programa do WWF em Moçambique apoia várias iniciativas no âmbito da conservação do ambiente marinho, florestas, água, educação ambiental e formação, jornalismo ambiental, gestão comunitária e espécies em perigo de extinção.

Este grupo de espécies inclui o elefante africano, as tartarugas marinhas, o dugongo, tubarão baleia, baleias, golfinhos, corais, entre outras.

A população de dugongos, localizada no Parque Nacional do Arquipélago do Bazaruto, constitui a única população viável de toda a África Oriental.

O WWF trabalha em Niassa, mais concretamente no Lago Niassa, no Delta do Zambeze, em Parques e no Banco de Sofala (lidando com a pesca de camarão).

De entre as várias actividades, incluem-se a introdução de TED (turtle excluder devices), marcação de tartarugas, apoio a projectos gestão comunitária de recursos naturais, escolas de formação (Escola de Fiscais de Caça e Florestas) no Parque Nacional da Gorongosa, e o programa nacional de gestão de recifes de coral.

O WWF está ainda a apoiar a formação de políticas públicas, como o processo de declaração de áreas protegidas e outras iniciativas do gênero.

Mais sobre o WWF Moçambique